Em busca da auto-estima perdida – Parte 3

O homem sem propósito é como um barco sem leme.

 Todo e qualquer indivíduo tem a sua vida dirigida por algo.

 A maioria dos dicionários define a palavra “dirigir” como “guiar, controlar, direcionar”. Se você está dirigindo um carro, estará naquele momento guiando, controlando e direcionando. Qual a força que dirige a sua vida?

Neste exato momento, você pode estar sendo dirigido por um problema, por pressão, ou por um prazo limitado. Você pode estar sendo dirigido por uma lembrança dolorosa, um temor que aflige ou uma crença inconsciente. Existem centenas de circunstâncias, valores e emoções que podem dirigir sua vida. Eis aqui cinco dos mais comuns.

 

1.)Muitos são dirigidos pela culpa.

  • Tais pessoas passam a vida inteira fugindo do remorso e ocultando sua vergonha. Pessoas dirigidas pelas culpas são manipuladas por suas lembranças.
  • Elas permitem que seu passado controle seu futuro. Somos produtos de nosso passado, mas não temos de ser prisioneiros dele.A Bíblia diz: Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga! (Salmos 32:1).

 

2.)Muitos são dirigidos pelo rancor e pela raiva.

  • Eles se apegam a mágoas, sem jamais superá-las. Em vez de aliviarem sua dor através do perdão, nutrem o sentimento de raiva constantemente. Algumas pessoas dirigidas pelo rancor “se fecham” e interiorizam suas raivas, enquanto outras “explodem” sobre os outros. Ambas as reações são ruins e não trazem nenhum benefício.
  • O rancor sempre machuca mais a você do que a pessoa que trouxe tal indignação. Enquanto aquele que o ofendeu provavelmente esqueceu o insulto e seguiu com sua vida, você continua angustiado em sua dor, perpetuando o passado. Ouça: O que passou, passou! Nada poderá mudar o passado.
  • Você apenas machuca a si mesmo com a sua amargura. Para o seu próprio bem, aprenda com o passado e então afaste-se dele. A bíblia diz: Ficar desgostoso e amargurado é loucura, é falta de juízo, que leva a morte. (Jó 5:2)

 

  • 3.)Muitos são dirigidos pelo medo.
  • Seus temores são provavelmente o resultado de experiências traumáticas passadas. Pessoas dirigidas pelo medo com freqüência perdem grandes oportunidades por terem medo de correr riscos. Em vez disso, elas se comportam de maneira cautelosa, evitando riscos e tentando manter a situação como está.

Existem 2 tipos de medo:

  • O medo que preserva e o medo que paralisa:
  • O medo que preserva é um medo natural e saudável, que nos impede de nos submeter a situações perigosas.
  • O medo que paralisa é como uma prisão. Paralisa nosso potencial, e nos impede de ser o que deus quer que sejamos.. Você tem de agir contra isso, com as armas da fé e do amor.  Acreditando que você é Santo, filho de Deus, herdeiro de Deus, menina dos olhos de Deus.

 

A bíblia diz: No amor não há medo; o amor que é totalmente verdadeiro afasta o medo. Portanto, aquele que sente medo não tem no seu coração o amor totalmente verdadeiro, porque o medo mostra que existe castigo.(I Jo 4:18).

 

4.)Muitos são dirigidos pelo materialismo.

  • Seu desejo de adquirir se torna o único objetivo na vida. O impulso de sempre querer mais baseia-se no conceito errôneo de que ter mais me tornará mais feliz, mais importante e mais protegido. Mas os três pensamentos são falsos. Posses somente trazem felicidade temporária.
  • Seu valor não é determinado pela suas posses, e Deus deixa claro que as coisas mais valiosas da vida não são os bens!
  • O mito mais freqüente a respeito do dinheiro é o que diz que, quanto mais dinheiro se tem, mais protegido se está. Isto não é verdade. Riquezas podem ser perdidas em um piscar de olhos, em virtude de uma enorme quantidade de fatores incontroláveis. A verdadeira proteção só pode ser achada naquilo que nunca poderão tomar de você seu relacionamento com Deus.

 

5.)Muitos são dirigidos pela necessidade de aprovação.

  • Não conheço todas as chaves do sucesso, mas uma chave para o fracasso é tentar agradar a todos. Ser controlado pelas opiniões dos outros é uma forma segura de deixar de lado os propósitos de Deus para a sua vida. Jesus disse: Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro; ou será fiel a um e desprezará o outro. (Mateus 6:24). Devemos ser como jiló e não como o chuchu. 

Nada é mais importante do que conhecer os propósitos de Deus para a sua vida, e nada pode compensar o prejuízo de não conhecê-lo: nem o sucesso, nem as riquezas, nem a fama, nem os prazeres. Sem um propósito, a vida é um movimento sem sentido, uma atividade sem direção e acontecimentos sem motivo. Sem um propósito, a vida é trivial, mesquinha e inútil.

Pense nisso

Alex Domingos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s